Cinema Nacional

Debater e divulgar o cinema nacional, seus filmes, atores, diretores e todo seu universo.



22.1.10

Suburbano Convicto no Blogspot.com

Salve amigos, desde o início de 2010, o escritor, apresentador e cineasta "Alessandro Buzo", editor dos Blog´s da Suburbano Convicto Produções, mudou todos eles para o Blogspot.com, o motivo foi o constantes problemas no Blogger.com.br da Globo.com
Abaixo os novos endereços, todos os Blog´s antigos, seguirão no ar..........inclusive sendo atualizados de vez em quando, mas com conteúdo vinho dos blog´s abaixo.

SUBURBANO CONVICTO - Blog oficial de Alessandro Buzo, que em 2010 comemora 10 anos de carreira.
www.buzo10.blogspot.com

www.literaturaperiferica.blogspot.com
www.nossocinemabr.blogspot.com
www.marildafoto.blogspot.com
www.livrariasuburbanoconvicto.blogspot.com

Acesse agora mesmo !!!
Continue com a gente.
Alessandro Buzo
Suburbano Convicto Produções

suburbanoconvicto@hotmail.com

Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:6:48 AM


5.1.10

No fim de semana de estreia, 220 mil assistem "Lula, o Filho do Brasil"
da Folha Online


Em torno de 220 mil pessoas foram ao cinema para ver o filme "Lula, o Filho do Brasil", que estreou na sexta-feira, dia 1º, em 354 salas de todo o país.
Comparado a outros filmes, o longa-metragem sobre a juventude do presidente Lula não teve um resultado surpreendente.
Em 2009, "Se Eu Fosse Você 2" foi visto por cerca de 570 mil espectadores em seu primeiro fim de semana em cartaz. A sequência também estreou na primeira sexta-feira do ano com 330 cópias.
"Se Eu Fosse Você 2", de Daniel Filho, é o primeiro colocado entre os melhores resultados de estreia de filmes brasileiros, desde 1995. O líder anterior era "Carandiru", que em 2003 fez 468 mil espectadores na abertura e terminou sendo o filme nacional mais visto daquele ano --4,6 milhões de espectadores.
O feriado de Ano Novo vai coroar "Avatar" como líder no país na terceira semana em cartaz. O filme de James Cameron deve fechar os três dias cerca de 600 mil espectadores.

Fábio Barreto
O diretor de "Lula, o Filho do Brasil", Fábio Barreto, continua internado no Rio, após sofrer grave acidente de carro no dia 19 de dezembro.
Segundo o último boletim médico divulgado na quarta-feira passada (30), o estado de saúde do cineasta é grave, mas evolui positivamente. Ele está internado Centro de Tratamento Intensivo do hospital Copa D'Or, em Copacabana.

Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:6:17 AM


2.1.10

1o filme de 2010 foi na TV

Sempre comento os filmes nacionais que eu assisto, e o primeiro de 2010 foi Meu Tio Matou Um Cara, com Lázaro Ramos, Debora Secco, Airton Graça, Darlan Cunha e grande elenco.
Uma comédia romantica, já havia assistido, mas em casa, de bobeira nesse 02 de janeiro, revi na TV Globo.
2010 esse blog "Cinema Nacional" vai trazer muitas novidades, aguardem...............

Alessandro Buzo
diretor do filme "Profissão MC" e editor desse blog

suburbanoconvicto@hotmail.com

Sinopse

Éder (Lázaro Ramos) é preso ao confessar ter matado um cara. Duca (Darlan Cunha), um menino de quinze anos, sobrinho de Éder, quer provar a inocência do tio. Ele tem certeza que o tio está assumindo o crime para livrar a namorada, Fátima (Deborah Secco), ex-mulher do morto. Duca também quer conquistar o coração de Isa (Sophia Reis), uma colega de escola que parece estar mais interessada em seu melhor amigo, Kid (Renan Gioelli). Duca envolve Isa e Kid na investigação e, é claro, muitas aventuras acontecem.


Debora Secco e Lázaro Ramos


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:4:12 PM


29.12.09

Assista o trailler e saiba mais sobre o filme "LULA, O FILHO DO BRASIL
Site oficial

http://www.lulaofilhodobrasil.com.br

28/12/2009 - 10h00
"Fazer o Lula foi como ilusionismo", confessa ator de "Lula - O Filho do Brasil"
ALYSSON OLIVEIRA
Especial para o UOL, do Cineweb


O ator Rui Ricardo Diaz nunca achou que pudesse interpretar o presidente da República - afinal, como seus amigos diziam, ele não é nada parecido com Lula. A partir do dia 1º de janeiro, todo mundo vai poder tirar a prova, quando chega aos cinemas do país "Lula - O Filho do Brasil". Com o trabalho concluído, o próprio Diaz se surpreende quando se vê na tela. "Fazer esse personagem foi como ilusionismo. Você, que não é ele, parece que é. Assim, você acredita que é", explicou ao UOL Cinema, durante o lançamento do filme em São Paulo.


Rui Ricardo Diaz dá vida ao protagonista de ''Lula, o Filho do Brasil''

Apesar da fama, inclusive internacional do personagem, Diaz não crê que ficará conhecido. Nem sabe como reagirá, se isso acontecer. "Eu sou um cara de teatro. Não estou acostumado a assédio na rua, às pessoas me reconhecendo. Não sei como vai ser agora". O ator sabe que, quando o identificarem na rua, estarão mais vendo a figura de Lula do que a dele mesmo - mas diz não ligar para isso. "Não sou uma pessoa de ter ídolos. Mas foi emocionante quando o conheci, depois da primeira sessão do filme no Festival de Brasília (em novembro passado). Lula tem um olhar muito forte, muito sincero. Mas, quando estou ao seu lado, sou um entre tantos que querem falar com ele".
Conseguir o papel principal do filme de Fabio Barreto foi, para Diaz, a combinação de uma série de coincidências felizes. Diversos atores desistiram do papel, entre eles, João Miguel ("Estômago"), até que Diaz foi convocado para mais um teste - ele já havia feito uma audição para outro personagem.
A preparação para o papel não foi fácil. "Eu não sei imitar o Lula, nem outra pessoa. Mas o filme conta a história dele quando era jovem, metalúrgico. É um Lula que pouca gente conhece. Isso me deu mais liberdade".
Ainda assim, a performance de Diaz leva para a tela algumas marcas registradas do presidente - como a dicção. "Eu assisti a muitos discursos do Lula. Prestei atenção na forma como ele fala. Ele tem um discurso muito marcante, muito forte. Por isso, coloquei na minha voz coisas que eu o ouvi falando", explica. Para o ator, o mais difícil foi fazer um Lula que não caísse na caricatura. "Ele é muito imitado, especialmente em programas humorísticos. Fica muito fácil ressaltar alguns pontos para torná-lo até engraçado. Mas era exatamente o contrário disso que eu queria: achar o lado humano do personagem".
Como as cenas da última parte do filme foram rodadas primeiro, Diaz teve de engordar 10 kg em dois meses, depois emagrecer alguns quilos em uma semana. O peso extra levou cerca de três semanas para ser perdido. O ator começou a se preparar em dezembro de 2008, permanecendo nesse processo até março de 2009, quando começaram as filmagens. "Também tive o apoio de um grande preparador de elenco, o Sergio Penna, que me ajudou a encontrar o tom certo".



Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:4:39 AM


Teaser do filme "Capitães de Areia"
2010 nos cinemas



* Baseado no livro de Jorge Amado

Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:4:33 AM


Trailler de um dos maiores sucessos de todos os tempos..............
Cidade de Deus, um filme de Fernando Meirelles




"Cidade de Deus" está entre os filmes que marcaram os anos 2000 para agência francesa
PARIS, 28 dez 2009 (AFP) - Da fantasia oriental de "O Tigre e o Dragão" à dura realidade das ruas da capital indiana em "Quem quer ser um milionário?", passando pelo brasileiro "Cidade de Deus", segue uma lista cronológica dos filmes que marcaram a década estabelecida pelos editores de cultura da AFP.


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:4:25 AM


14.12.09

2010 tem mais "Profissão MC"


Salve amigos ...
Dentro do meu trabalho, a realização e lançamento do filme "Profissão MC", que fiz com o Toni Nogueira e a DGT Filmes, foi sem dúvida uma das maiores alegrias e está sendo o maior sucesso.
Ver o filme sendo exibido em várias quebradas, as pessoas curtindo.
Ontem (domingo, 13/12/09) na Feira Preta no Anhembi, tinha uma galera da Familia PIC Favela de Porto Feliz-SP, eles exibiram o filme lá em um monte de escola pública, está a maior repercussão.
Piadas e girias do filme estão na boca do povo, alastrando tipo novela.
Não tenho palavras para descrever o meu sentimento de gratidão a equipe (DGT), aos atores e figurantes.
Fizemos um filme sem captar um único real, mas isso não foi desculpa para fazermos de qualquer jeito, demos (todos) o maximo de nós.
Lançar no Cine Olido em SP e no Cine Odeon Petrobrás no RIO foi realização de sonho.
Ter conseguido colocar ainda em 2009 nas ruas em DVD, também foi importante.
A maratona de exibições que eu fiz, indo a todos os lugares onde havia uma tela, deu um gás.
Para 2010 as metas são outras, deixar ele ser exibido por qualquer um que tenha essa pre-disposição, mesmo quando não for possivel um debate comigo no final, como fizemos muito desde que ele foi lançado em 05 de Outubro de 2009.
E participar de festivais, ganhar algum será consequencia, mas vamos tentar, a gente acredita no potencial do filme e isso já é meio caminho andado.
Talvez exibir ele num canal de TV (aberto ou não), seria ideal.
Talvez ainda liberar na integra na internet (prioridade do site: www.centralhiphop.com.br).
O futuro a Deus presente, mas por tudo que o "Profissão MC" representou em 2009, meu muito obrigado a todos.
Alessandro Buzo
diretor
www.profissaomc.blogspot.com


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:11:32 PM


8.12.09

Kaos On Line


Link
http://issuu.com/alexandre.de.maio/docs/boletim_do_kaos_8_on_line



Código da Edição número 9 on line


Link
http://issuu.com/alexandre.de.maio/docs/boletim_do_kaos_9_online


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:5:30 PM


4.12.09

RAP DE SAIA, um filme de Re.Fem


Bastidores com Re.Fem. e JC MC, em Queimados (RJ) - Divulgação


Finalmente assisti o curta "Rap de Saia (18min), dirigido pela Re.Fem, co-direção de Queen.
Ajudou na pesquisa DJ TR.
Um filme que traz várias rappers do Rio de Janeiro, tratando da igualdade entre homens e mulheres na cultura hip hop.
Pra mim é uma satisfação conhecer pessoalmente a grande maioria das mina que aparecem no filme, devido ao fato de eu ir sempre ao Rio de Janeiro.
Tinha grande curiosidade de como seria o "Rap de Saia" e o resultado me deixou bastante satisfeito, um grande filme de 18 minutos.
A cena mais bonita (abaixo) é o depoimento da mãe da Re.Fem (Revolta Feminina), ela diz: - Minha filha me disse que estava se envolvendo no Hip Hop, fui lá ver como era.................
Parabéns Re.Fem (grande amiga) e todas as minas que participam.
Alessandro Buzo
escritor, apresentador e cineasta

diretor do filme: Profissão MC
www.profissaomc.blogspot.com


Re.Fem e sua mãe, Rap de Saia


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:9:57 AM


Curta: Reescrevendo a Vida


Assisti (Buzo), ao curta metragem (9min), Reescrevendo a Vida, baseado em poesia de Carlos Drummond de Andrade, feito pelo Projeto Oficina de Cinema.
O filme tem direção de arte, camera e fotografia de Daniel Queiroz.
Contato: fotografodaniel@gmail.com
Ganhei esse curta numa atividade que fiz em Poá-SP, do proprio diretor, sei que a galera é da zona leste.
O curta é bacana, gostei da fotografia.
Boa sorte a todos que participaram.......

Alessandro Buzo
escritor, apresentador e cineasta

diretor do filme: Profissão MC
www.profissaomc.blogspot.com

Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:9:46 AM


30.11.09

Cine Palmarino manda avisar


No próximo dia 05 de dezembro, sábado, realizaremos a 5ª edição do Cine Palmarino no núcleo Jabaquara do Círculo Palmarino. Neste mês iremos exibir o Documentário Lambe Sujas, uma Ópera dos Quilombos que documenta a transformação da cidade de Laranjeiras em palco da dramatização de uma guerra entre negros quilombolas e um grupo de indígenas, cujo desfecho é a derrota dos negros e a vitória dos índios, os caboclos, aliados dos brancos. As relações escravistas postas em cheque pela rebeldia dos escravos quilombolas, as alianças inter-étnicas no combate aos quilombos, são os temas desse teatro de rua sergipano que a cada ano, irrompe na madrugada do primeiro domingo de outubro. Acompanhando o ciclo solar, a dramatização termina com a queda da noite. Qual a natureza dessa teatralidade, o que está em jogo quando as ruas são tomadas por atores populares na representacão de um drama histórico? Que modalidade é essa de relação com o público e com espaço urbano, proposta pelo Lambe Sujo? O vídeo quer suscitar essas indagações. Ao final a diretora Marianna Monteiro fará um debate com os participantes.

O Cine Palmarino é uma iniciativa do núcleo do Circulo Palmarino Jabaquara que acontece uma vez por mês na ACM C.D.C Leide da Neves Jabaquara, tendo como objetivo projetar matérias audiovisual relacionados a população negra e debater junto com a comunidade.


O que? Cine Palmarino
Quando? 5 de dezembro – Sábado - a partir das 18h
Onde? ACM C.D.C Leide da Neves Jabaquara
Endereço: Rua Nelson Fernandes, 257 Jabaquara – SP (Próximo ao Metrô)
Informações: Luciete (11) 74716766 Soninha (11) 88295546
E-mail: cpjabaquara.jabaquara@yahoo.com.br
www.circulopalmarino.org.br


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:1:28 PM


26.11.09

Prestes a viver prostituta no cinema, Deborah Secco comemora 30 anos


Deborah Secco participou da segunda temporada de 'Ó Pai, Ó'
Foto: TV Globo/Divulgação


Prestes a viver no cinema a ex-prostituta Bruna Surfistinha, Deborah Secco comemora 30 anos nesta quinta-feira (26). Casada com Roger Flores desde junho de 2009, a atriz tem no currículo mais de 20 anos de carreira, 14 novelas, 11 séries e especiais, 9 peças de teatro e 7 filmes.
Ela nasceu no Rio de Janeiro, filha de Sílvia Regina Fialho, dona de casa, e Ricardo Secco, professor, e tem dois irmãos, Ricardo e Bárbara. Deborah começou na carreira de atriz fazendo alguns comerciais quando tinha apenas 8 anos. Suas primeiras aparições na TV aconteceram em programas como Escolinha do Professor Raimundo e Você Decide, além de ter participado da abertura do programa da Angélica, na TV Manchete, Clube da Criança.
Seu primeiro papel de destaque foi aos 15 anos, na série Confissões de Adolescente, em 1994, na TV Cultura. Mas foi como a "maria-chuteira" Marina, na novela Suave Veneno, de 1999, que Deborah ganhou fama nacional. A atriz posou pela primeira vez para a Playboy no mesmo ano, estampando a edição de aniversário de 24 anos da revista.
A partir daí, Deborah passou a fazer apenas papeis de destaque na Globo, como a vilã Íris em Laços de Família, em 2000, e sua primeira protagonista, Cecília, em A Padroeira, em 2001.
Deborah arrancou suspiros dos marmanjos ao interpretar a sexy vampira Lara em O Beijo do Vampiro, se tornando um dos maiores símbolos sexuais da época, o que a levou a estampar novamente a edição de aniversário da Playboy em agosto de 2002.
Em 2005, ganhou sua primeira protagonista no horário nobre, ao lado de Murilo Benício, interpretando a sonhadora Sol em América. Deborah ainda participou do quadro Dança no Gelo, em 2006, em que quebrou duas costelas e ficou em terceiro lugar.
Depois disso, a atriz ainda interpretou a perversa Elizabeth, em Pé na Jaca (2006), a prostituta Betina em Paraíso Tropical (2007), e a ambiciosa Maria do Céu em A Favorita (2008).
Em janeiro de 2009, a atriz participou do episódio especial de fim de ano Decamerão - A Comédia do Sexo, e recentemente atuou como Keila na segunda temporada de Ó Pai, Ó.
Em setembro de 2009, Deborah começou a se preparar para viver Bruna Surfistinha (Raquel Pacheco) no longa Bruna: O Doce Veneno do Escorpião, que conta a história real de uma adolescente paulista de classe média que abandona a casa dos pais e se torna prostituta. O filme tem previsão de estreia para setembro de 2010.

Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:3:17 PM


Manifesto do DEXTER
Manifesto referente ao (filme) Documentário "Entre a Luz e a Sombra"


Aos amigos; fãs; admiradores da verdade, transparência e justiça; e a quem mais possa interessar.
Venho, através deste manifesto, me posicionar em relação à produção do longa metragem “Entre a Luz e a Sombra”, dirigido por Luciana Burlamaqui, que irá estrear no dia 27 de novembro de 2009.
Estou aqui não para censurar todo e qualquer tipo de ilustração a respeito de minha história e de meu trabalho, mas não posso concordar e apoiar aquilo que desconheço. Meu único contato com a obra finalizada foi a sinopse do mesmo que não me passou o que me foi proposto quando aceitei que gravassem imagens minhas para o referido documentário. Pela sinopse entendo que o foco apresentado no início da proposta, adotou outro rumo. A intenção era que o mesmo mostrasse que a recuperação do ser humano que se encontra privado de sua liberdade é totalmente possível, desde que a própria pessoa se interesse por sua vida e seu futuro. E não relações humanas individualizadas, com temáticas corriqueiras a qualquer programa comercial de TV. (isso obviamente baseado no pouco material que tive contato). Com certeza isso não faz parte dos meus objetivos.
Reconheço as dificuldades presentes em trazer este material para minha apreciação, já que ainda me encontro privado de minha liberdade, porém não vi disposição por parte da produção em possibilitar este momento. Disposição esta que não faltou na época em que precisaram gravar as imagens, o caminho das pedras sempre foi o mesmo, o que mudou foi o interesse.
Tendo em vista estas dificuldades procurei também possibilitar que meu assessor de comunicação (Sr. Eduardo Bustamante) assistisse o referido documentário para que ele pudesse passar uma posição mais concreta sobre o enredo retratado, mas isso também me foi negado com a alegação de que a distribuidora não permitia a exibição do mesmo para qualquer pessoa antes de seu lançamento oficial. Porém mais uma vez a contradição se faz presente, já que outros que nem se quer são protagonistas da história já assistiram.
Como não recebi um retorno formalizado diante de minha solicitação, registrando a posição da produção do filme, decidi me manifestar, oficialmente, frente a esta questão.
Responsabilizo-me totalmente por tudo aquilo que eu disse e fiz nas referidas imagens, porém não posso atestar, nem legitimar a intenção e/ou forma com a qual este material foi editado.
É bem verdade que cedi o direito de uso da minha imagem para esta produção e utilizando do meu direito de me expressar livremente e também o fato de ser um dos protagonistas da história, digo que não acho justo desconhecer o produto final, isso é inadmissível. Sem contar o desconhecimento total do orçamento, honorários, patrocínios e apoios, lembrando que não recebi cachê para isto. Logo mais o filme estará nos cinemas e, diga-se de passagem, com destaque em salas de pouca circulação do povo da periferia, ou seja, lugares de difícil ace$$o para os que realmente deveriam assistir. Onde está a lógica? Obviamente alguém irá ganhar algo com isso e sinceramente não estou incluído.
Em respeito a minha família, meu trabalho, minha vida pessoal e minha VERDADEIRA história, fica registrado aqui meu manifesto acerca do assunto.
“Sentar à mesa e te assistir jantar não fará de mim uma pessoa que também esteja jantando”
Sem mais para o presente.

PS- Maiores esclarecimentos com meu assessor de comunicação:
Eduardo Bustamante (periferiasoberana@gmail.com)

Dexter


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:12:17 PM


25.11.09

CINEMA NA LAJE APRESENTA O DOCUMENTÁRIO PIXO

Cinema na laje é um espaço criado pela COOPERIFA e que acontece quinzenalmente às segundas-feiras para exibições de documentários e filmes alternativos de todas as partes do Brasil e do mundo, exibidos gratuitamente para a comunidade. Também criado principalmente para dar luz ao cinema produzido pelos jovensda região, e levar cidadania através da sétima arte.O cinema Paradiso da periferia também conta com um lanterninha vestido a caráter para dar um charme especial no projeto.
A Entrada é franca. A Pipoca é grátis. E a lua sincera.

CINEMA NA LAJE APRESENTA:
DOCUMENTÁRIO
"PIXO"-
De João Wainer e Roberto T. Oliveira
Dia 30 de novembro (segunda-feira) às 20hs

Laje do Zé Batidão
Rua Bartolomeu dos Santos, 797
Periferia-SP
Inf. 72074748

PIXO
Produtora:
Sindicato Paralelo - 2009
Direção: João Wainer e Roberto T. Oliveira
Trilha Sonora: Ice Blue e Tejo Damansceno
Direção de arte: Alexandre Orion

O impacto da pichação como fenômeno cultural na cidade de São Paulo e sua influência internacional como uma das principais correntes da Street Art. O filme participou da exposição Né dans la Rue (Nascido na Rua), da Fondation Cartier pour l’Art Contemporain, em Paris. O documentário mostra a realidade dos pichadores, acompanha algumas ações, os conflitos com a polícia e mostra um outro olhar sobre algumas intervenções já muito exploradas pela mídia. O filme não traz respostas, mas fornece argumentos para o debate: pichação é arte ou é crime?

www.colecionadordepedras1.blogspot.com
Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:1:47 PM


19.11.09

Stand Suburbano Convicto na Feira Preta no ANHEMBI

13/12/2009 - Das 12h às 22h
Estaremos distribuindo gratuitamente 1.200 exemplares do Jornal Boletim do Kaos. Gratis

* Vendas dos livros:
Guerreira (R$ 25,00 - Global Editora) e Favela Toma Conta (R$ 30,00 - Aeroplano Editora)
* Coletânea "Pelas Periferias do Brasil - VOL II e III" - R$ 20,00 cada
* Camisetas "Suburbano Convicto" e "Favela Toma Conta", uma R$ 30,00, duas por R$ 50,00
** DVD do filme "Profissão MC" - R$ 15,00

INF: suburbanoconvicto@hotmail.com
Alessandro Buzo autografa os livros durante a tarde


Alessandro Buzo veste "Suburbano Convicto"


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:2:00 AM


17.11.09

Filme sobre o 509-E, no Rio de Janeiro


O próximo encontro da Universidade das Quebradas, dia 19/11, às 14h, contará com a pré-estréia do filme "Entre a Luz e a Sombra", com presença da diretora Luciana Burlamaqui.
Sinopse:
O documentário acompanha, ao longo de sete anos, a história de uma atriz que dedica sua vida a humanizar o sistema carcerário, da dupla de rap 509-E formada por Dexter e Afro-X dentro do Carandiru e de um juiz que acredita em um meio de ressocialização mais digno para os prisioneiros.

Vencedor do prêmio de Melhor Documentário Eleito pelo Público no 17º Festival de Biarritz.

A exibição será realizada no PACC/UFRJ, que fica no Palácio Universitário da Praia Vermelha, 2º andar - Av. Pasteur, 250.
Data:
19 de novembro, quinta-feira
Horário: 14 horas
Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:4:35 AM


16.11.09

De 16 à 19 de Novembro de 2009
Hutúz Filme Festival



Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:12:13 PM


Documentário acompanhou 509-E por 7 anos .............Entre a Luz e a Sombra

Estreia dia 27/11, em cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.



Dirigido por Luciana Burlamaqui, o documentário investiga a violência e a natureza humana a partir da história de três personagens que tiveram seus destinos cruzados no complexo Carandiru, considerado até então o maior presídio da América Latina. Uma atriz que dedica sua vida para humanizar o sistema carcerário. A dupla de rap 509-E, formada por Dexter e Afro-X dentro do Carandiru. Um juiz que acredita em um meio de ressocialização mais digno para os encarcerados. Entre a Luz e a Sombra acompanha a vida desses personagens durante sete anos, a partir do ano 2000. As temáticas da prisão, crime, violência, reintegração social extrapolam para o encontro de classes sociais distintas e as mais difusas contradições do ser humano na busca de seus ideais.

Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:7:44 AM


Profissão MC - Trailler



* Compre o DVD Original.
R$ 15,00
Os primeiros 1.000 à R$ 10,00

* Distribuição: Suburbano Convicto Produções
(11) 2569-9151 (11) 8218-7512
suburbanoconvicto@hotmail.com
www.suburbanoconvicto.blogger.com.br
www.profissaomc.blogspot.com


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:6:43 AM


13.11.09

Terça-feira é dia de festa !!!!!!!!
* Lançamento da Coletânea literária "Pelas Periferias do Brasil - VOL IIII
(R$ 20,00)
* Lançamento do DVD do filme "Profissão MC" de Alessandro Buzo e Toni Nogueira. (No lançamento - R$ 10,00)



Um dia para entrar pra história....

Ação Educativa, terça-feira (17/11/09), uma noite (19h) inesquecivel para periferia.
De uma só vez, dois lançamentos.
Primeiro o 3o ano da Coletânea "Pelas Periferis do Brasil" que tem 18 autores de 6 estados. Vários estarão presentes autografando a obra.
E também, lançaremos o DVD Original do filme "Profissão MC", que vai custar R$ 15,00 mas os primeiros 1.000, saem por R$ 10,00.
Vi a prova do Livro e do DVD, está lindo, tanto um quanto o outro, sou muitissimo suspeito, mas ficou show de bola mesmo.
* Esteja convidado para curtir esse momento único com a gente.
Buzo


Deixe seu Comentário:
postado por: Suburbano Convicto Produções:5:11 AM



arquivo